sábado, 28 de julho de 2012

Mais uma manhã á pluma

Hoje era mais um dia que sabia de  antecedência que tinha que pescar perto, os horários da minha filhota a isso obrigavam, tinha então 2 alternativas, spinning ao achigã ou lucio-perca ou pluma, como não tinha tempo de levar o pato nem pensei 2 vezes, foi mais uma belíssima jornada com mais de 2 dezenas de capturas sem dúvida.

Aqui fica uma foto e um pequeno vídeo




sexta-feira, 27 de julho de 2012

Mais uma espécie ao LRF

E vinha mesmo pelo beicinho, apesar da altura e dificuldade em tirar o peixe a cana não se negou nem um pouco, cada vez gosto mais desta super divertida pesca.





quarta-feira, 25 de julho de 2012

LRF Portugal - Cavalas

Hoje resolvi fazer mais uns lançamentos, cheguei ao pesqueiro por volta das 6:00, começei por lançar pequenos jigs sem toques, mudei depois para um pequeno vinil de 10g, é um pouco demais para a cana mas ela não se recusou a lançar, parecia um foguete.

Ao fim de 5 minutos já tinha a primeira captura, mais um pouco e outra.

A maré mudou e a corrente era enorme, mudei de zona e fui bater o cimo da água com um pequeno jig de 5g, foi assim que capturei a maior e deixei ainda fugir outra por estar mal ferrada.

Eram 8:40 e estava na hora de voltar que o trabalho espera, mas já deu para começar o dia em beleza.

Segue-se a foto


Vídeo:



segunda-feira, 23 de julho de 2012

Escalos á pluma

Sábado foi dia de mais uma investida á mosca, estava com ideias de ir aos verdinhos mas pesca á mosca é viciante, a modalidade não interessa, o que interessa é uma pessoa divertir-se a fazer o que gosta, independentemente da técnica.

Algo que me cativa são as águas transparentes, as pequenas cascatas e as paisagens de cortar a respiração, um cheiro a campo, libelinhas a pousar sobre a cana enquanto que várias espécies de pássaros quebram o silencio.

No final está uma parte de filmagem debaixo de água que tinha prometido a um amigo Americano para ele ver as espécies que por aqui existem.

No vídeo não mostra mas com meio metro de água estavam muitas mais espécies, desde bogas a barbo kileiros.

Foi sempre a apanhar, neste caso escalos, deixo um para quem não os conhece








E o vídeo

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Mais uma pesca á pluma

Depois da primeira investida de ontem neste ribeiro resolvi explorar um outro troço do rio um pouco mais acima, o objectivo é ir aumentando o tamanho das capturas e diversificar as espécies capturadas com iscos artificiais e hoje já comecei mais facilmente a encontrar um padrão depois de um telefonema ontem com o Ricardo Bernardino da RB Flys ( http://www.rb-flys.com/www.rb-flys.com/Home.html ).

As capturas e ataques sucederam-se a um bom ritmo e o tamanho das capturas já começa a aumentar, espero em breve ter um relato de um barbo daqueles que ou parte tudo ou dá uma bela foto, esperemos que fique pela segunda que da primeira já tenho muitas histórias.

Deixo aqui um pequeno filme de 2 capturas de espécies diferentes e com diferentes moscas do Ricardo.

Caso desejem iniciar-se neste tipo de pesca contactem-no, ele vende moscas e é muito acessível além de terem uma boa ajuda.

Boas pescas





E o vídeo:



quinta-feira, 19 de julho de 2012

Boga á pluma





Ultimamente tenho tido muito trabalho, é sempre bom pela crise que se faz sentir mas cansa, de qualquer das maneiras mais vale stressar por ter trabalho a mais que a menos:good: 

Voltei também á programação de um site, algo que já não fazia á bastante tempo e com as novidades é quase uma reaprendizagem, no entanto está a andar.

Dito isto e sabendo que este fim-de-semana vai ser fraco em pesca, pelo menos para mim que não devo de ter tempo de fazer uns lançamentos resolvi levantar-me um pouco mais cedo, pegar no carro e ir até um pequeno ribeiro que fica a 5 minutos de casa.

É uma pesca diferente, muitos dos membros não deve de ter experimentado mas recomendo vivamente, é muito divertida e calma.

Sem mais demoras aqui fica um pequeno vídeo de duas horas desta manhã :good: 



sexta-feira, 13 de julho de 2012

LRF em Portugal ... Puro divertimento e mais uma nova espécie

O ano passado quando experimentei HRF adorei, nada como material super ligeiro para combater espécies a que não estamos habituados a pescar.

Para a maior parte dos pescadores esta técnica não é compreendida, qual o interesse em capturar peixes demasiado pequenos ou menos nobres? No meu caso o desafio de apanhar com amostras espécies que não estão ao alcance de outros pescadores de amostras já é o suficiente, ontem chegou a minha cana do Japão, uma Major Craft Solpara, pela primeira vez hoje pesquei com o material adequado, o que fiz o ano passado foi adaptar uma cana de achigã de acção fast á pesca LRF, este ano depois da primeira tentativa e de ao fim de apenas 5 minutos ter cravado um peixe rapidamente descobri que não dá, não se pode pescar com linhas 0.08 e querer milagres.

Assim que a vi adorei, esta cana não foi fruto do acaso, foi recomendada pelo Fernando Rodrigues do Blog Pesca ao Engano, foi hoje a testes e passou com distinção.
Cheguei ao pesqueiro ás 7:00 e ás 8:30 já estava a vir para começar a trabalhar ás 9, quando cheguei estavam vários pescadores que por lá tinham pernoitado sem qualquer sucesso, olharam com um ar descrente para o meu cotonete e esboçaram uns sorrisos de gozo.

No entanto gozo tive eu, com picadas atrás de picadas e mesmo pequenos cabozes a dar cabeçadas como se fossem robalões hahahah, giro vai ser quando tirar o meu primeiro peixe de tamanho com aquilo, vai parecer que estou a lutar com um tubarão :)
Aqui fica uma nova espécie para mim ao spinning, um badejo
Foi apanhado com um jig de 5g, é verdade, 5 graminhas mas quando se pesca com 0.08 de multi com um terminar fluro de 0.13 isto voa.


E o vídeo



sexta-feira, 6 de julho de 2012

Domingo é dia de praia com a família :(

Os meus Domingos de manhã vão a partir de agora a ser repartidos não com os amigos mas com a família. No entanto ainda tenho ordem de levar a cana e como alugamos sempre a barraca para o dia inteiro tenho autorização do nadador salvador para pescar desde que nas rochas mais afastadas. Claro que fico reduzido a poucos metros e ás piores horas do dia mas pelo menos sempre dá para entreter, esta foi a estreia da minha nova cana, com mar bem calmo foi a segunda vez que a levei á pesca e desgradou :)

A amostra é uma Savage Gear LB Sandeel Slug com anzol lastrado, com as algas tinha 3 hipóteses, zagaias, vinis com cabeçote ou este tipo de montagem que se mostrou o mais eficaz, não tanto pela captura em si mas porque não prende e pude por isso arriscar mais.

A Major Craft que mandei vir deve de chegar na próxima semana pelo que terei que ir ás compras para me fornecer de material LRF visto já ter muito de HRF, mas isso será para futuros posts, vamos ver como corre.

Este fim-de-semana esqueci-me da minha GOPro mas no próximo já não me esqueço e com sorte faço um bom vídeo se o peixe colaborar... 

quinta-feira, 5 de julho de 2012

30 minutinhos de pesca...

Nem que fossem 2, isto com a época balnear começou a ficar escasso de saídas á pesca, hoje teve mesmo que ser, fui entregar encomendas ao correio e aproveitei para levar a cana no carro, á vinda para cá sempre fazia uns lançamentos.

Comecei com uma montagem em drop shot pois o objectivo era mesmo apenas ter o cheiro de um achigã nas mãos logo não interessava que o peixe não fosse um troféu.

Bem depressa mudei de técnica assim que vi um ataque á superfície, meti um pequeno jerk mas como não atingia a zona mudei para um crank shallow da River2Sea pois a zona era muito baixa e eu ía estar a pescar mesmo junto á margem contrária nas sombras, o resultado foi em 30 minutos 3 peixes sendo um deles na ordem das 500g, infelizmente a câmara estava quase sem bateria e só deu para fazer um mini-filme